Nos negócios, seria impossível gerenciar continuamente o que você não mede.

Mas em inovação, nem tudo pode ser devidamente quantificado. Esta é a razão pela qual é imperativo que as organizações encontrem as medidas adequadas para avaliar determinados aspectos da inovação.

Dito isto, quais são as diferentes métricas que as organizações podem usar na avaliação do crescimento da inovação? E como a mensuração desses indicadores pode ajudar na tomada de decisões sobre as atividades de inovação?

Neste artigo, você aprenderá sobre o que é um scorecard de KPI de inovação e por que é essencial para as empresas medirem o desempenho da inovação.

Vamos começar!

O que é um scorecard de KPI de inovação?

Um scorecard de KPI é um documento que contém um determinado conjunto de estatísticas que quantifica o sucesso da organização em relação a uma métrica de desempenho específica, como margem de lucro, receita total, eficácia geral do trabalho e muitas outras.

Usá-lo permite que as equipes de inovação integrem indicadores específicos na demonstração de uma imagem abrangente do desempenho de uma empresa.

Como ele exibe o desempenho geral do KPI em um formato visual simples, os tomadores de decisão podem fazer alterações com respaldo estatístico para refinar suas operações e desempenho de negócios.

Scorecard de KPI de inovação: estrutura de métricas para crescimento<span class="wtr-time-wrap after-title"><span class="wtr-time-number">10</span> min de leitura</span>

Os scorecards baseados em KPI enfatizam o quão valioso é para as empresas usarem dados cuidadosamente analisados e simplificados. Por aqui, atividades de inovação, tarefas e objetivos são avaliados minuciosamente.

Assim, esses registros estatísticos aceleram a avaliação do progresso para garantir o sucesso do negócio a longo prazo.

Monitorar a análise do scorecard é crucial para obter uma compreensão realista de seus KPIs, especificamente para determinar se seus esforços de inovação, projetos, medidas e atividades estão agregando valor à organização.

Por que é importante medir seu desempenho em inovação?

A inovação é um processo significativo para a sobrevivência da organização — o que pode exigir o uso de recursos da empresa ou mesmo energia, esforço e tempo. Deve ser medido regularmente para monitoramento proativo do progresso.

No entanto, nem toda empresa entende o valor da inovação, nem a prioriza o suficiente para gastar tempo em avaliá-la. Isso implica que há uma enorme quantidade de potencial inovador inexplorado esperando para ser avaliado, analisado e melhor utilizado.

Além disso, medir o desempenho da inovação ajuda as empresas a avançar, pois identifica quais iniciativas são benéficas para melhorar sua posição no mercado e confirma se você está no caminho certo ou não (especialmente se algo precisa ser alterado em um determinado período).

Scorecard de KPI de inovação: estrutura de métricas para crescimento<span class="wtr-time-wrap after-title"><span class="wtr-time-number">10</span> min de leitura</span>

Você pode usar métricas de inovação para determinar se está engajado em atividades suficientes e se está fazendo certo para alcançar os resultados desejados.

Em suma, medir o desempenho da inovação ajuda você a:

  • Tornando seus métodos de alocação de recursos mais eficientes
  • Manter as pessoas responsáveis por suas tarefas e responsabilidades de inovação
  • Avaliando a eficácia de seus esforços de inovação

Embora a avaliação da inovação seja benéfica na maioria das situações, é importante lembrar que alguns parâmetros são ambíguos.

Por exemplo, o número de novos produtos lançados em um ano nem sempre reflete quanto progresso você fez em termos de inovação.

Na verdade, a introdução de dois produtos funcionais e bem recebidos no mercado provavelmente trará resultados muito maiores do que o lançamento de vinte produtos medíocres. Nos negócios, sacrificar a qualidade por números raramente é uma boa ideia.

Em outras palavras, escolher as métricas certas se resume a identificar o que você deseja realizar e avaliar cuidadosamente suas ações para garantir que elas apoiem seus objetivos.

A Estrutura de Métricas de Inovação

melhores ideias resolver a complexidade. Entendendo que o sucesso da inovação acontece devido à coesão de alguns fatores, é imperativo abordar questões e riscos de inovação de:

  • Agrupar métricas relacionadas para garantir efetividade e equilíbrio nas avaliações
  • Combinar métricas de entrada e saída para manter a integridade numérica na avaliação de iniciativas que alimentam a alocação de recursos e o desenvolvimento de habilidades, incluindo retorno dos investimentos

A categorização de parâmetros inter-relacionados fornece um conjunto abrangente de indicadores que abordam importantes impulsionadores da inovação.

As três categorias a serem examinadas para qualquer portfólio de métricas são as seguintes:

  1. Retorno do investimento: essa métrica se concentra em investimentos em recursos e retornos monetários. Os resultados podem estabelecer limites gestão da inovação, principalmente se invalidar a importância de projetos estratégicos, iniciativas, programas e outras atividades em relação aos investimentos totais da organização na busca do crescimento da inovação.
  2. Liderança: Líderes e gerentes seniores devem promover uma cultura de inovação dentro do negócio para apoiar programas de inovação destinados ao crescimento. Nesta categoria, as entradas e saídas são medidas de forma diferente. Os gastos, recursos e atitudes necessários para obter resultados são chamados de métricas de entrada, enquanto as métricas de saída referem-se aos resultados desejados que o negócio tem nesta categoria.
  3. Capacidade institucional: Refere-se às habilidades, conhecimentos, recursos, tecnologia, plataforma, instalações e equipamentos que a empresa utiliza para realizar a inovação, o que ajuda uma organização a se concentrar no desenvolvimento de métodos repetíveis para sustentar a inovação.

Quais indicadores-chave incluir em seu scorecard de KPI?

Os indicadores em seu scorecard de KPI são divididos em duas categorias principais:

  • Baseado em resultados
  • Condições para o sucesso

Métricas baseadas em resultados envolvem apenas métricas de produtos, enquanto as condições para o sucesso incluem estruturas, capacidades, cultura e estratégia.

Métricas baseadas em resultados

Métricas baseadas em resultados referem-se a métricas de produto, que também são chamadas de métricas de ROI.

Essas métricas se concentram no rastreamento de seus resultados, como:

  • Novo produtos liberado
  • Novos mercados acessados
  • Patentes obtidas
  • E a renda gerada por novos produtos introduzidos

Quando as empresas ainda estão no início de seu ciclo de vida de inovação, seria uma boa ideia acompanhar a adequação ao mercado do produto para novas atividades de inovação, incluindo o tempo de equilíbrio atual versus o previsto para novos produtos.

Condições para o Sucesso

Estruturas

As estruturas são compostas por:

As métricas de estrutura designadas da organização devem ajudar a acelerar processos como gestão de inovação, seleção de ideias, alocação de recursos, implementação de testes e implantação de atividades de inovação.

Você também pode medir recursos de suporte de estrutura como:

  • Financiamento absoluto ou paralelo previsto para inovação e P&D
  • Ritmo do ciclo de feedback construir-medir-aprender da inovação
  • Tempo gasto para o desenvolvimento de ideias em todas as fases do processo de inovação

Capacidades

As capacidades referem-se aos diferentes tipos de capacidades organizacionais para desenvolver e sustentar a inovação com foco particular nas pessoas. Como tal, este grupo de métricas refere-se às diferentes habilidades, talentos, insights e conhecimento dos funcionários

Também pode incluir informações e capital financeiro de uma empresa na criação de inovação. As métricas de capacidade também podem envolver o número de novas tarefas oferecidas aos funcionários ou o grau de talento e experiência da equipe.

Cultura

Embora possa ser difícil determinar os efeitos diretos na cultura, a implementação de um cultura de inovação no local de trabalho pode afetar em grande parte a capacidade dos funcionários em gerando novas ideias e transformando-os em projetos que possam beneficiar a organização.

Com uma cultura que apoia fortemente a inovação, as pessoas se sentem motivadas e inspiradas a aprender, melhorar e experimentar continuamente.

Juntamente com a liberdade de executar suas ideias, mesmo em escala minúscula, a responsabilidade melhora e as iniciativas são conduzidas pelos funcionários para um melhor ambiente organizacional.

Alguns dos principais indicadores de insumos de apoio nesta área são os seguintes:

  • Horas investidas no desenvolvimento em relação às operações
  • Volume total de ideias, propostas e projetos gerados pelos funcionários versus a administração

Por outro lado, os indicadores de saída que acompanham o progresso geral da empresa nesta categoria podem incluir:

  • Número de funcionários que participaram das atividades de inovação da organização
  • Avaliação dos funcionários quanto à inovação da empresa
  • Número de trabalhadores levados para workshops de inovação ao longo do tempo

Estratégia

Estratégia refere-se aos métodos que a gestão aplica para fazer uma escolha consciente entre um número de escolhas viáveis para alcançar determinados resultados.

Envolve a abordagem da empresa para atingir as metas organizacionais e o sucesso a longo prazo, acompanhados pela liderança, recursos, direção e técnicas corretas – que podem envolver o uso das ferramentas, pessoas e equipamentos certos na execução de iniciativas.

Como cada empresa tem sua própria visão estratégica, a conexão entre estratégia e inovação é amplamente discutida entre as empresas.

Assim, as estratégias devem refletir-se na forma como os projetos são executados e as medições nesta área devem estar em sintonia com os objetivos da empresa e as perspetivas de inovação.

Exemplos de métricas de estratégia incluem:

  • Quantidade de tempo gasto em inovação estratégica
  • Número de líderes empresariais que obtiveram treinamento em inovação

Se você deseja revitalizar sua empresa ou se sua equipe não tem experiência em gestão da inovação, as medidas mencionadas podem ajudar.

Medir o desempenho da inovação por meio de KPIs

Para ser bem-sucedida, a inovação deve ser medida regularmente. As organizações que não medem seu desempenho inovador estão perdendo uma oportunidade significativa de crescimento e melhoria.

Ao agrupar métricas relacionadas, combinar medições de entrada e saída, categorizar parâmetros inter-relacionados, você obtém um conjunto abrangente de indicadores que abordam fatores significativos de sucesso da inovação.

Para facilitar, você pode usar um painel de inovação para ajudar a criar relatórios de fontes de dados integradas e indicadores de desempenho relevantes.

O que você pode usar em Accept Mission permite incluir informações relevantes, bem como direcionar o público certo para fornecer insights reais para uma avaliação completa do desempenho da inovação.

Saiba mais sobre o software de inovação da Accept Mission participando de um tour de recursos.