A palavra inovação se confunde com muitos termos no espaço tecnológico. As pessoas geralmente associam inovação a outras palavras como capacidade e crescimento. Às vezes, as pessoas se referem erroneamente a ele como termos relacionados, como criatividade e invenção.

É vital entender a diferença entre essas palavras para obter clareza e valor dos processos de inovação da empresa. Tal distinção leva a uma estrutura adequada de funções, tarefas e responsabilidades na empresa.

Neste artigo, vamos examinar o significado de cada termo e identificar como eles diferem um do outro. Além disso, vamos citar alguns exemplos para desenvolver uma compreensão clara de seu uso adequado.

Vamos começar!

Definindo Inovação, Inovador e Criatividade

Então, o que esses termos significam e como eles diferem um do outro?

Inovação

A maioria das empresas pensa em inovação como a produção do próximo Uber ou Apple em seu mercado. 

No entanto, há mais na inovação do que aparenta.

É o processo de realização de novos produtos, processos, propostas ou modelos de negócios para criar valor agregado para clientes e funcionários.

Inovação vs. Inovador vs. Criatividade: As diferenças<span class="wtr-time-wrap after-title"><span class="wtr-time-number">12</span> min de leitura</span>

Em outras palavras, inovação significa transformar novos conceitos em uso generalizado. Isso acontece quando as organizações gerar ideias ousadas, desenvolvê-los e trazê-los aos olhos do público.

Há muitos exemplos de inovação no mundo hoje. Alguns deles podem ser tão bons quanto os carros elétricos de Tesla ou até mesmo algo tão simples quanto a lâmpada de Thomas Edison criada séculos atrás.

Inovativa

Oxford Languages, o dicionário que o Google usa quando você pesquisa uma palavra, define inovador como um adjetivo que descreve tanto um produto/ideia quanto uma pessoa.

A mesma fonte afirma que quando um produto é inovador, apresenta novos produtos e é avançado e original. Enquanto isso, uma pessoa é inovadora quando apresenta novas ideias e é original e criativa no pensamento.

Em suma, ser inovador é o traço usado para descrever um produto, uma pessoa ou uma organização que aplica a inovação em suas características, pensamentos e processos.

À medida que essas entidades produzem ou executam valor agregado para as pessoas, elas estão em estado de inovação.

Criatividade

A criatividade é um conceito necessário para que uma organização seja inovadora. Ele usa a imaginação para produzir novas ideias e criar soluções ótimas para problemas existentes.

Quando aplicada, essa noção leva as pessoas a pensar fora da caixa ao abordar ou resolver desafios que podem prejudicar o crescimento.

Instintivamente, a criatividade é o que torna a inovação possível. Tê-lo é o que torna um indivíduo inovador. É o que faz as empresas conceberem conceitos e ideias valiosos que acabam por transformar em produtos e serviços.

A propósito, publicamos recentemente um e-book de inovação onde nos aprofundamos na estrutura de inovação, roteiro, execução e muito mais. Sinta-se à vontade para baixá-lo hoje — é totalmente gratuito.

Qual é a diferença entre inovação e inovador?

As diferenças entre essas palavras são observáveis. Enquanto Inovativa destaca que um produto ou um indivíduo aplica ou executa a inovação de qualquer forma, inovação sugere algo estruturado e orientado para o processamento.

Inovação refere-se a produtos, modelos de negócios, processos e serviços que são notavelmente novos e diferentes em seus setores.

No entanto, o termo Inovativa é mais uma atitude, um ponto de vista ou uma abordagem do que um resultado. É uma perspectiva que detalha como alguém ou algo contribuiu com mudança, progresso, valor e modificação para processos, organizações, campos e outras pessoas existentes.

Qual a diferença entre inovação e criatividade?

Como o cenário de negócios é acelerado, você deve entender a diferença entre criatividade e inovação.

A criatividade refere-se ao potencial da mente para gerar ideias substancialmente significativas para o crescimento do negócio. Esses pensamentos se manifestam de várias maneiras. No entanto, eles geralmente acabam como produtos concretos que podemos comprar ou serviços que podemos aproveitar.

Inovação vs. Inovador vs. Criatividade: As diferenças<span class="wtr-time-wrap after-title"><span class="wtr-time-number">12</span> min de leitura</span>

Pelo contrário, a inovação acontece quando as organizações fazem mudanças em sistemas estáveis ou criam novos produtos que atendem às necessidades de seus clientes.

A inovação resulta do uso criativo de recursos de uma empresa para produzir o melhores soluções que poderiam ajudar a resolver os problemas de seus clientes.

Além disso, a inovação é mensurável por meio de métricas específicas com as quais a empresa pode concordar antes de implementar as ideias. A criatividade, no entanto, é subjetiva, então avaliá-la pode ser um pouco difícil de fazer.

O que torna a inovação inovadora?

As inovações são inovadoras quando refinam continuamente a experiência do cliente que a empresa oferece ao seu mercado. Obtém a organização distinguida da concorrência.

Inovações inovadoras se materializam por meio de produtos, processos, modelos, conceitos, designs e serviços que são diferentes, significativos, únicos e notáveis para os outros.

De uma perspectiva de negócios, inovações inovadoras contribuem com uma dimensão inteiramente nova para a empresa. Acrescenta algo à organização, como novos processos, por exemplo, para estabelecer uma linha de produtos e serviços que possam atender às necessidades em evolução de sua clientela.

Além disso, a inovação é inovadora quando introduz uma maneira nova e melhorada de fazer as coisas. Defende o progresso e equipa continuamente as empresas para futuras mudanças tecnológicas.

Cria resultados concretos e práticos que encorajar as pessoas olhar para produtos e empresas de uma perspectiva diferente.

Indicadores de Inovações Inovadoras

Especificamente, as inovações são inovadoras quando possuem os seguintes atributos:

  1. DisruptivoProdutos, processos e serviços são inovadores quando perturbar o status quo de suas respectivas indústrias. Essas inovações devem ser interessantes e devem conter valor único e diferenciação de custo para se diferenciar das empresas que operam no mesmo setor.
  2. Agrega valor aos seus compradores. Essas inovações precisam ser úteis o suficiente para melhorar a vida das pessoas ou valiosas o suficiente para que os clientes comprem. Inovações inovadoras são centradas no cliente, com ótimo custo e tempo. A inovação torna-se inovadora uma vez que alivia a vida tanto da organização quanto de seus clientes. Transfigura conhecimentos e ideias em benefícios que podem ajudar a tornar a vida mais fácil.
  3. Introduz mudanças. Além de serem totalmente únicas e diferentes, as inovações inovadoras podem modificar os sistemas e processos existentes para o crescimento. Um ótimo exemplo disso é quando as empresas mudam de caixas registradoras para terminais POS ou canais de pagamento online como Paypal e Transferwise.

O que vem primeiro – criatividade ou inovação?

Novamente, criatividade e inovação são duas coisas diferentes, mas ambas são necessárias para o sucesso do seu negócio.

Como dito anteriormente, a criatividade é um fator primordial para que as empresas sejam inovadoras, portanto, a inovação nunca pode ocorrer sem criatividade a bordo. As pessoas que não estão dispostas a correr riscos para ir além da norma podem achar difícil ser inovador às vezes.

A criatividade refere-se à capacidade de uma organização para resolver problemas com grandes ideias. A inovação, por outro lado, é a implementação de ideias que agregam valor às pessoas. Assim, a criatividade, se não o elemento mais básico, é um componente essencial da inovação.

Inovação vs. Inovador vs. Criatividade: As diferenças<span class="wtr-time-wrap after-title"><span class="wtr-time-number">12</span> min de leitura</span>

É o que faz com que as ideias viáveis venham à mente, enquanto a inovação converte essas ideias em realidade. A criatividade pedala a produção de ideias, enquanto a inovação, por meio de resultados induzidos pela criatividade, traz receita e lucro.

Gerentes às vezes trocam esses termos uns pelos outros, mas criatividade não equivale realmente a inovação no próprio sentido da palavra. Em vez disso, abre o caminho para que a inovação aconteça.

Quando as empresas realizam sessões de brainstorming, muitas novas ideias são concebidas. Desta vez é quando a criatividade é exibida. No entanto, até que essas ideias sejam implementadas, a inovação ainda está para começar.

No entanto, a inovação não se limita a produtos inovadores. Pode ser resultado de ajustes e modificações em produtos, processos ou até mesmo interações existentes. É também um processo escalável e replicável.

Simplificando, a criatividade gera soluções viáveis, enquanto a inovação coloca as ideias para funcionar.

Por que a inovação e a criatividade são importantes?

Há muitas razões pelas quais a inovação e a criatividade são importantes em uma organização.

Em primeiro lugar, ambos são catalisadores de crescimento. A criatividade é o ingrediente básico do processo de inovação. Afeta a qualidade das ideias que as empresas podem gerar para implementação futura.

Ela influencia a maneira como eles percebem as coisas, tornando-se, portanto, um poderoso componente de como eles formulam soluções para os problemas enfrentados atualmente pela organização.

Além do processo de inovação, a criatividade também afeta outras operações, processos e departamentos de uma empresa.

A criatividade pode afetar as estratégias de marketing e branding. Alcançar os clientes de forma criativa é importante não apenas para expandir sua base de clientes, mas também para economizar tempo, dinheiro e outros recursos.

Além disso, inovação e criatividade, quando executadas adequadamente, podem criar um efeito dominó no funcionamento da organização.

A inovação, por outro lado, é imprescindível para alcançar o crescimento econômico e obter vantagem competitiva em relação às instituições que operam no mesmo setor.

Melhora os processos de trabalho atuais e pode cortar gastos desnecessários, de modo que o atendimento ao cliente melhora ao mesmo tempo. Quando isso acontece, a satisfação do cliente ocorre e os ganhos de receita do negócio aumentam.

Ver resultados como esses mantém os funcionários inspirados. A satisfação dos funcionários aumenta e a empresa tem um desempenho melhor.

Como desenvolver a criatividade e a inovação?

As empresas podem promover a inovação dentro de sua organização. Eles podem criar atividades que estimulem a criatividade e a inovação, como realizar desafios de inovação, por exemplo.

Realização de competições assim é uma maneira emocionante de reunir ideias de diferentes pessoas, tanto dentro como fora da organização.

Inovação vs. Inovador vs. Criatividade: As diferenças<span class="wtr-time-wrap after-title"><span class="wtr-time-number">12</span> min de leitura</span>

Um grande exemplo disso seria o hackathon do Facebook, uma competição de inovação que levou à criação de recursos notáveis na plataforma de mídia social, como o botão curtir e a linha do tempo do Facebook.

A gerência também pode incluir os funcionários em sessões de brainstorming. Isso fará com que eles sintam que suas contribuições são importantes para a organização. Além disso, isso geraria mais ideias para a empresa estudar e considerar.

Saber o quanto você está aberto às ideias deles os incentiva a compartilhar os conceitos brilhantes que têm em mente. A Adobe é quem mais entende esse princípio, conforme demonstrado em seu kit de inovação chamado Kickbox.

Esta caixa contém uma caneta, um conjunto de cartões de instruções, cadernos, blocos de notas, uma barra de chocolate e um cartão pré-pago com $1000 que eles podem utilizar para experimentar suas ideias inovadoras. Qualquer pessoa pode solicitar este kit e começar a desembalar sua criatividade.

Embora seja fácil entender as diferenças entre inovação, inovação e criatividade, há muitos conceitos e princípios a serem aprendidos para poder organizar a inovação para sua empresa.

Que tal você entrar em um de nossos regulares sessões de webinar de inovação? A adesão é gratuita e você ouvirá diretamente do próprio Steven Kop, o CEO e fundador da Accept Mission.