Inovação Aberta vs Inovação Fechada: Guia para principiantes12 min de leitura

Inovação Aberta vs Inovação Fechada: Guia para principiantes

Hoje em dia, a inovação tornou-se um factor-chave de sucesso. A falta de inovação pode colocar as empresas em risco de ficarem para trás dos seus concorrentes e de sofrerem um declínio na sua quota de mercado.

Mas, quando se trata de inovação, as empresas podem adoptar duas abordagens diferentes: inovação aberta e inovação fechada. Quais são as diferenças entre as duas? E que tipo de inovação é adequado para si?

Neste blog, iremos explorar as diferenças entre inovação aberta e inovação fechada.

Vamos começar.

O que é inovação aberta?

Inovação aberta é um conceito que enfatiza o importância de colaboração e parcerias externas no processo de inovação.

Em vez de dependerem apenas de recursos internos, as empresas que abraçam a inovação aberta procuram e envolvem activamente várias partes interessadas e fontes externas, incluindo clientes, fornecedores, instituições académicas, e outras empresas.

Esta abordagem reconhece que a ideias mais inovadoras podem não ter necessariamente origem numa única organização e que uma abordagem mais diversificada e aberta à inovação pode resultar em resultados mais bem sucedidos.

Para que serve a inovação aberta?

Numa estratégia de inovação aberta, dá-se peso tanto às ideias internas como externas. Cria um ecossistema que se estende para além das fronteiras da sua empresa e que se caracteriza pela sua vontade de partilhar ideias e conhecimentos com outros.

Em última análise, o objectivo de inovação aberta é criar uma cultura de inovação contínua que não seja limitado pelos recursos ou conhecimentos de uma única organização.

Ao abraçar conhecimentos, aptidões e competências externas, pode explorar um leque mais amplo de perspectivas e ideias. E essencialmente, conduzir a resultados mais bem sucedidos.

Quais são as vantagens da inovação aberta?

A inovação aberta permite-lhe tirar partido de cinco benefícios. Com a inovação aberta, pode:

1. Tocar em indivíduos qualificados

Os processos de inovação abertos permitem-lhe aceder a redes externas, comunidades e organizações para aceder a novos talentos, novas ideias, e soluções inovadoras. Este conceito é baseado na premissa de que as melhores ideias podem vir de em qualquer lugar.

Ao colaborar com parceiros externos na criação de melhorias tecnológicas e outras formas de inovação, pode aproveitar um conjunto mais vasto de conhecimentos e perícia para conduzir a resultados bem sucedidos.

Esta abordagem envolve a partilha talentos internos, competênciase conhecimentos especializados com parceiros externos, promovendo assim uma cultura de colaboração e partilha de conhecimentos.

2. Alavancar recursos adicionais para além de estruturas de inovação interna estáveis

Por vezes, é necessário aproveitar uma gama de recursos para além dos seus estruturas internas de inovação para atingir metas de inovação. Este processo pode envolver o estabelecimento de parcerias com entidades externas, tais como grandes empresas ou universidades.

Ao construir relações com parceiros externos, pode aceder a conhecimentos especializados, instalações de investigação, e oportunidades de financiamento, entre outros, que podem ajudar a acelerar o seu processo de inovação e trazer produtos para o mercado de forma mais eficiente.

3. Gerar outras fontes de receitas

Uma empresa inovadora que inclui estratégias abertas de gestão da inovação pode pegar em ideias ou projectos internos que podem não estar necessariamente alinhados com o seu modelo de negócio principal e desenvolvê-los externamente, resultando em oportunidades de receitas recentemente abertas.

Para além das inovações internas, os estabelecimentos que prosperam num ambiente inovador colaboram com parceiros externos - incluindo startups, instituições de investigação e outras organizações - no desenvolvimento de novos produtos, serviços e modelos de negócio.

Esta abordagem não só ajuda impulsionar a inovação dentro da organização. Também cria oportunidades de comercialização e geração de receitas.

4. Co-criar

A co-criação é uma abordagem poderosa à inovação que envolve clientes cativantes e outros intervenientes no processo de desenvolvimento de produtos ou serviços.

Ao envolver estas pessoas no fase de ideias de desenvolvimento de produtos ou serviços, você pode:

  • Vá além dos limites definidos da sua empresa
  • Esqueçam momentaneamente os vossos próprios processos de inovação, e
  • Explorar uma gama mais ampla de perspectivas e insights que acabarão por conduzir a soluções mais inovadoras e centradas no cliente

O processo de co-criação envolve a construção de uma comunidade de clientes e outros interessados apaixonados pelos produtos ou serviços da empresa.

Ao contrário de um processo fechado de inovação, esta comunidade pode fornecer feedback e insights valiosos ao longo de todo o processo de inovação, desde a idealização até ao lançamento do produto.

5. Acelerar os prazos, reduzir os custos e minimizar os riscos

As empresas inovadoras abertas são mais susceptíveis de se desenvolverem promissoras produtos inovadores. Quando utilizam a estrutura inovadora de uma empresa parceira para além da sua, acolhem automaticamente custos reduzidos, riscos partilhados, e prazos mais rápidos.

As empresas mais pequenas podem ter acesso a recursos e conhecimentos que, de outra forma, não teriam, enquanto as maiores podem benefício de ideias inovadoras e conhecimentos especializados de parceiros externos.

Estas coisas aceleram o processo de inovação, levando a que os produtos e serviços sejam introduzidos no mercado de forma mais rápida e eficiente.

Quais são os desafios da inovação aberta?

A inovação aberta vem com três grandes desafios:

  1. Estratégico
  2. Operacional
  3. Cultural

Desafios estratégicos

Sem um objectivo ou propósito claro, as empresas podem luta para utilizar eficazmente recursos e redes externas, desperdiçando tempo e recursos.

As empresas devem compreender claramente o que querem alcançar através dos seus esforços de inovação e como ir além dos limites claramente definidos da empresa pode ajudá-las a alcançá-lo.

Desta forma, podem efectivamente identificar os parceiros certos para colaborar, definir o âmbito do projecto e atribuir o necessário recursos e orçamento para alcançar os resultados desejados.

Desafios operacionais

Se optar por não participar no seu ambiente inovador autónomoutilizaria conhecimento externo e talentos e atribuir conceitos e responsabilidades a todos os envolvidos no processo para assegurar uma utilização óptima dos recursos.

Isto inclui a criação de planos para conceitos que não podem ser utilizados imediatamente. Uma vez desenvolvidas as ideias, o processo de inovação aberta consiste em scouting, avaliação de ideias e avaliação financeira.

Enquanto muitas organizações actualmente apenas externalizam o processo de escuta, é ideal externalizar as três fases a um perito de terceiros, como uma empresa de investigação, para eliminar preconceitos ou preconceitos.

Finalmente, a construção de um processo racionalizado é crítico por implementar com sucesso a inovação aberta. Isto significa criar um sistema para gerir ideias, atribuir papéis e responsabilidades, e acompanhar o progresso ao longo de todo o processo.

Ao desenvolver um plano claro para a inovação aberta e implementar um processo racionalizado, pode aumentam as suas hipóteses de sucesso e ganhar uma vantagem competitiva na sua indústria.

Desafios culturais.

Para implementar eficazmente a inovação aberta, é crucial para a sua organização estabelecer uma cultura de inovação que fomenta a criatividade e abraça a mudança.

Esta cultura deve dar prioridade a uma comunicação e colaboração claras entre as equipas, bem como a um compromisso de levar os projectos de inovação até à sua conclusão.

Ao cultivar um ambiente que encoraja a inovação, os seus empregados são mais propensos a contribuem com as suas ideias e períciae a organização pode aproveitar os seus recursos internos para conduzir a resultados bem sucedidos.

O que é inovação fechada?

Em contraste com a inovação aberta, um modelo de inovação fechado refere-se a um processo de inovação que se realiza inteiramente dentro dos limites da estrutura interna de uma única organização, sem envolver redes ou recursos externos.

Este ambiente empresarial autónomo envolve a condução de todos os aspectos da inovação, desde a investigação e desenvolvimento até à implementação, dentro das paredes internas da organização.

Contudo, a medida em que a inovação pode ser completamente fechada, mesmo dentro de uma única empresa, pode variar, uma vez que algumas organizações podem optar por colaborar com outras equipas ou departamentos dentro da empresa para gerar novas ideias e partilhar recursos.

Globalmente, a abordagem de inovação fechada baseia-se na premissa de que todos os recursos - incluindo propriedade intelectual, canais de vendas e capital de risco necessários para projectos de inovação - estão todos disponíveis dentro da empresa.

Em modelos fechados de inovação, o objectivo habitual é maximizar o processo contínuo de inovação organizacional e a eficiência interna.

Quais são as vantagens de uma inovação fechada?

A inovação fechada tem três vantagens:

1. Exclusividade

Num modelo de inovação fechado, todos atividades de inovação são mantidos dentro dos limites de uma única empresa, sob o controlo da gestão de topo.

Isto significa que todos os aspectos da inovação, desde a investigação e desenvolvimento até à implementação, são conduzidos internamente, sem colaboração ou input externo.

Contudo, esta abordagem pode limitar os recursos e perspectivas disponíveis para a inovação, impedindo potencialmente a capacidade da empresa de desenvolver produtos ou serviços verdadeiramente revolucionários.

2. Exclusividade

A inovação fechada fomenta a singularidade, mantendo todos desenvolvimentos inovadores dentro da empresa sem os partilhar com o mundo exterior.

Esta abordagem resulta em vantagens competitivas adicionais, uma vez que permite a criação de tecnologias únicas que ainda não estão disponíveis no mercado.

Ao manter o controlo total sobre todos os aspectos do processo de inovação, as empresas podem desenvolver e proteger a sua tecnologia proprietária, dando-lhes uma vantagem sobre os seus concorrentes.

3. Redução de fugas de projectos para o mercado

Num sistema fechado de inovação, todas as actividades relacionadas com a inovação são conduzidas dentro da organização, e há envolvimento externo limitado.

Isto permite à organização manter a confidencialidade das suas iniciativas de propriedade intelectual e inovação, limitando o risco dos concorrentes copiarem ou replicarem os seus esforços de inovação.

O sistema fechado de inovação ajuda a prevenir fugas de informação sensível que podem incluir novos desenvolvimento de produtostecnologias de ponta, e dados confidenciais dos clientes.

Isto é particularmente relevante em indústrias onde o segredo é crucial para permanecer competitivo, tais como a defesa, aeroespacial, e farmacêutica.

Quais são os desafios da inovação fechada?

A aplicação de inovações fechadas vem com três desafios:

  • Falta de outras perspectivas. Sem outras perspectivas, os funcionários de um departamento, por mais talentosos que sejam, podem não ser capazes de gerar consistentemente novas ideias.
  • Falta de recursos. As tecnologias neste modelo de inovação são desenvolvidas com recursos limitados disponíveis dentro da empresa, o que pode limitar o âmbito e o ritmo do processo de inovação.
  • Aumento do risco de fracasso. A corporação carece do benefício da perícia externa, que é frequentemente instrumental para refinar ideias e produtos antes de serem introduzidos no mercado. Com a inovação fechada, todo o trabalho de desenvolvimento é realizado internamente, o que limita a exposição da empresa a perspectivas e feedback externos.

Decida o que é melhor para o seu negócio: inovação aberta ou fechada?

Qualquer que seja a abordagem que o seu negócio decida utilizar, uma das formas mais eficazes de gerir e racionalizar o processo é com uma plataforma de gestão da inovação. Baixe nosso ebook de inovação aqui aprender mais.

Publicado em: Março 2nd, 2023Categorias: Innovation strategy

Publicações relacionadas

Neste artigo

aceitar a inclinação do painel de inovação da missão

Software de ideias e inovação

"Software de inovação para capacitar os inovadores da forma mais divertida"