Na inovação, os objetivos estratégicos são elaborados para alcançar o sucesso. Com esses objetivos em mente, as empresas precisam identificar quais ações são necessárias para alcançá-los ao longo do tempo.

Isso inclui planejar e comunicar cada passo do processo de inovação para funcionários, partes interessadas e outras partes relevantes na organização.

Com efeito, as empresas conseguem executar todas as mudanças, conceitos, modelos de negócios, produtos e serviços que agreguem valor aos clientes ou à própria empresa de forma harmoniosa e ordenada.

Mas a questão é: como as equipes de inovação podem criá-lo melhor? Além disso, como eles podem usar essa ferramenta para alinhar, simplificar e acelerar projetos de inovação?

Neste artigo, você aprenderá o que é um roteiro de inovação, por que é necessário usá-lo e quais etapas você pode seguir para criá-lo.

Vamos começar!

O que é um roteiro de inovação?

Um roteiro de inovação é uma ferramenta que ilustra visualmente como uma organização pode atingir seus objetivos estratégicos ao executar o processo de inovação.

Ele serve como uma visão geral das etapas que as instituições precisam seguir na implementação de certas mudanças, produtos, conceitos, serviços e modelos de negócios que podem agregar valor à organização ou a seus clientes.

O guia definitivo para o roteiro de inovação [com exemplo]<span class="wtr-time-wrap after-title"><span class="wtr-time-number">11</span> min de leitura</span>

Um roteiro de inovação também permite que as equipes de inovação determinem como, quando e quais ações comunicar aos executivos e outras partes interessadas relevantes no negócio.

Considerando a facilidade de compreensão deste roadmap, a sua utilização ajuda as empresas a definir e transmitir todas as etapas do processo de inovação, nomeadamente os objetivos e resultados que pretendem alcançar ao executá-lo.

Como tal, a natureza gráfica desta ferramenta permite que os colaboradores compreendam a todo o processo de inovação facilmente — fazendo-os identificar e digerir todas as medidas necessárias para alcançar resultados específicos que são úteis para dominar um ambiente de negócios em constante mudança.

Antes de prosseguir, você quer saber mais sobre gerenciamento de ideias? Publicamos recentemente um ebook completo sobre gerenciamento de ideias, que você pode baixar gratuitamente em nosso site.

Por que usar um roteiro de inovação?

Os roteiros, em geral, são úteis para gerar os resultados que uma organização deseja alcançar em uma área específica, incorporando a combinação certa de ideias, mercados, ambientes, concorrentes e clientes.

Com roadmaps, as empresas podem tomar decisões informadas que estejam alinhados com seus objetivos estratégicos. Em essência, isso lhes permite analisar e obter resultados que podem ajudá-los a criar melhores conceitos e processos no futuro.

Especificamente, os roteiros são ideais em:

Planejando o sucesso da sua inovação

Nos negócios, “um objetivo sem um plano é apenas um desejo”. Planejar como atingir os objetivos com sucesso envolve a criação de etapas e referências relevantes para medir o sucesso. Nos roteiros, os principais passos são descritos e os marcos são indicados para alcançá-los.

Além de servir como ferramenta organizacional, um roteiro permite que você comunique seu pensamento estratégico — os comos e os porquês por trás da realização de certas iniciativas de inovação. No final, conta uma história abrangente de detalhes distintos que suas inovações terão no futuro.

Tomando decisões estratégicas

Quando um projeto de inovação é concebido, as organizações precisam realizar uma análise preliminar ou validação de seus custos, adequação estratégica, valor potencial e duração esperada. Dessa forma, as inovações potenciais são plotadas em tempo, tamanho e prioridade.

No entanto, o que vem a seguir determina o destino do projeto de inovação – e isso é regular se o projeto deve ser morto, executado ou pausado para melhorias adicionais.

Com os roteiros de inovação, os projetos são sistematicamente discutidos e elaborados com contribuições de stakeholders internos e externos. Assim, as decisões são tomadas com consideração e perspectivas minuciosas de especialistas e outras entidades conhecedoras.

Alinhando diferentes departamentos

Agora que as decisões são derivadas de diferentes discursos do painel, outros departamentos da empresa podem seguir o exemplo. Os roteiros podem ser usados para expor amplamente seus papéis e significados em todas as fases do processo de inovação.

Como resultado, o portfólio geral de cada departamento reflete os objetivos de inovação da empresa - um evento que provavelmente levará ao acúmulo de suporte e recursos apropriados de grupos pertinentes, aumentando a probabilidade de sucesso da inovação.

Quais são os benefícios de um roteiro de inovação?

Usar um roteiro de inovação traz quatro benefícios importantes:

1. Avaliação imparcial de novos desenvolvimentos

Os roteiros de inovação tornam mais fácil para as empresas avaliar objetivamente o sucesso de seus desenvolvimentos atuais em relação aos que implementaram no passado. Ele fornece uma visão geral sobre se a inovação levou ou não ao progresso, particularmente a receitas mais altas.

Além disso, o uso de roteiros de inovação pode determinar explicitamente se as iniciativas de inovação rendeu retornos esperados, principalmente porque a ferramenta integra histórico de inovação com tendências relevantes em um período específico.

Ou seja, com roteiros de inovação, taxas de inovação e cotas podem ser identificadas para determinar se os desenvolvimentos de inovação contribuíram para o progresso geral da empresa.

2. Percebendo oportunidades de inovação da perspectiva do cliente

Para evitar desperdício de tempo, energia e outros recursos relacionados, as empresas precisam criar atividades de inovação que respondam aos problemas existentes dos clientes ou da organização.

Ao criar roteiros de inovação, diferentes fases do ciclo de inovação são refletidas — e, de fato, expectativas de resultados ou critérios de sucesso são concebidos à medida que os problemas são expressos como tarefas, onde as inovações podem vir como as soluções preferidas de um cliente para resolver um problema.

Assim, as oportunidades de inovação são reconhecidas e as iniciativas são elucidadas para validar as tarefas existentes e obter feedback direto.

3. Descoberta de novas ideias

Um roteiro de inovação contém informações abrangentes sobre o domínio do problema, para que as organizações possam dedicar seus recursos para gerar várias soluções por meio de sessões de brainstorming e outras técnicas de facilitação de ideias com o objetivo de documentar a perícia.

Desde que a equipe de inovação seja diversificada, experiências variadas podem significar deliberações fluidas e argumentações colaborativas entre os participantes da inovação. Portanto, pesquisas adicionais são recomendadas para uma análise e avaliação aprofundadas sobre o viabilidade de suas ideias.

4. Protótipos de planta

Como os roteiros de inovação incluem o ciclo de inovação, os protótipos são projetados e simulados por meio de experimentos enquanto coletam dados relativos ao mesmo tempo.

Em outra nota, a precedência em falhar rapidamente durante execuções de teste minúsculas é destacada para uma maneira mais barata e rápida de entender o que funciona e o que não funciona. Planos de controle e reação são formulados para se preparar para várias consequências.

Agora, suposições são eliminadas e refinadas Ideias estão prontos para projetos de back-end e iteração profunda.

Como fazer um roteiro de inovação

Abaixo estão as três etapas para fazer um roteiro de inovação:

Etapa 1: definir os objetivos e os elementos do roteiro de inovação

Antes do desenvolvimento do roteiro de inovação, seu objetivo e destinatários devem primeiro ser caracterizados para estabelecer foco e conteúdo. Por exemplo, se você estiver criando um roteiro de inovação para sua equipe, em quais tendências e setores você deseja se concentrar?

Desde que essas considerações sejam abordadas, identifique os seguintes detalhes:

  • Componentes de inovação, como tecnologias, tendências e atividades necessárias
  • Período específico
  • Tarefas e responsabilidades

Essas facetas específicas impactam outros aspectos do roteiro de inovação.

Etapa 2: descobrir e examinar questões essenciais

A criação de roteiros de inovação envolve inúmeras revisões, investigações e análises. Ou seja, informações cruciais são necessárias para construir a premissa da abordagem de inovação, onde assuntos futuros significativos são distinguidos e avaliados minuciosamente. 

Assim, algumas ferramentas e processos complementares podem ajudar, como:

  • Investigar tendências e outros padrões de mercado existentes
  • Examinando as competências essenciais
  • Fazendo análise SWOT
  • Realização de entrevistas em painel
  • Criação de pesquisas estatísticas e outras análises de mercado

Espera-se que os resultados da realização das atividades mencionadas acima identifiquem os temas que podem desempenhar um papel significativo nos esforços de inovação da empresa nos próximos anos.

Passo 3: Estabeleça limites em coordenação com a gestão

Com os tópicos determinados na segunda etapa, enfatize os limites estabelecidos e reconheça outros requisitos de inovação, como prazos, prioridades e outros elementos essenciais para tornar a inovação bem-sucedida.

Além disso, certifique-se de que o conteúdo do roteiro de inovação seja apoiado pela gestão. Certifique-se de que as partes pertinentes estejam envolvidas no projeto, pois isso é vital para garantir o sucesso da inovação.

Por fim, aqui estão alguns lembretes para manter seu roteiro de inovação funcional:

  • Fique com uma paleta de cores sólida e profissional. A estética geral do roteiro de inovação tem um grande impacto em como seu público o receberá. Torná-lo simples, mas compreensível.
  • Discuta-o com todas as partes interessadas e funcionários participantes para que seu roteiro de inovação ganhe aceitação, apoio e suporte. Comunique-se intensamente com a equipe de inovação.
  • Incorpore-o com gestão da inovação. Faça dela a sua base no desenvolvimento de ideias e atividades de inovação na empresa. Use-o também para avaliar e avaliar conceitos e propostas em termos de relevância estratégica.
  • Certifique-se de que seu roteiro de inovação também corresponda ao seu portfólio de inovação.
  • Monitore seu roteiro de inovação regularmente e determine se os objetivos escritos são alcançados periodicamente. Em caso de desvios, prepare as medidas apropriadas e execute-as.
  • Crie o hábito de revisar seu roteiro de inovação para poder avaliar se algumas das atividades da empresa precisam ser modificadas, principalmente os resultados desejados.
  • As tendências também vêm e vão, então você pode querer alterar ou excluir alguns tópicos que podem afetar o impacto de suas atividades de inovação.

Realize seu roteiro de inovação

Um roteiro de inovação é uma ferramenta que ilustra como uma organização pode atingir seus objetivos estratégicos ao executar o processo de inovação.

Ele serve como uma visão geral das etapas que as instituições precisam seguir na implementação de certas mudanças, produtos, conceitos, serviços e modelos de negócios que podem agregar valor à organização ou a seus clientes.

O roteiro de inovação é vital na gestão da inovação, pois apoia a criação e execução de estratégias de inovação. Mantém os funcionários e as partes interessadas em uma direção e aumenta o sucesso da inovação.

Os benefícios de um roteiro de inovação incluem avaliação imparcial de novos desenvolvimentos, realização de oportunidades de inovação da perspectiva do cliente, descoberta de novas ideias e protótipos de projeto.

Agora, se você está procurando uma maneira de realizar seu roteiro de inovação, Accept Mission pode ajudá-lo a planejar seu roteiro. Você pode usar gráficos como Gantt e Business Impact para obter uma visão clara do seu processo de inovação. Agende uma demonstração hoje e veja você mesmo.