A competição entre as empresas está se tornando mais forte a cada dia, à medida que mais e mais empresas entram em diversos setores.

Outras empresas se afogaram no mar de novos produtos e serviços, enquanto novos entrantes dominam o mercado com esforços inovadores.

Tecnologia à parte, um dos fatores que os colocaram na vanguarda são os modelos de negócios revolucionários, que também podem ser considerados um tipo de inovação em si.

Hoje, você entenderá o significado dos modelos de negócios transformadores e como você pode desenvolver um para sua organização. Vamos começar.

O que é um modelo de negócio?

Um modelo de negócios descreve como uma corporação desenvolve e distribui valor aos clientes, ao mesmo tempo em que gerando valor por si. É um modelo vital para todas as empresas.

No entanto, muitas empresas não conseguem explicar efetivamente seus modelos de negócios, identificar suas vantagens e desvantagens ou reconhecer quando precisam de um novo modelo para executar uma oportunidade maravilhosa.

Como funciona um modelo de negócios

Os elementos e características incluídos no modelo de negócios ilustram o valor que uma empresa entrega a um cliente em troca de pagamento.

Implica como a organização se estrutura e com quem irá colaborar para gerar valor para o negócio, explicando como a cadeia de suprimentos é coordenada.

Simplificando, um modelo de negócios é simplesmente uma estrutura na qual vários fatores entram em jogo para definir como uma empresa cria valor para a organização e seus clientes.

Por que criar um modelo de negócios transformador é necessário para a inovação?

Nos negócios, a evolução de uma indústria normalmente é identificada com o desenvolvimento de novas tecnologias.

No entanto, embora as novas tecnologias sejam frequentemente significativas, elas nunca alteraram um setor por conta própria.

O que alcança uma mudança tão revolucionária é um modelo de negócios que pode conectar a empresa e sua tecnologia a uma demanda de mercado proeminente e emergente.

Os benefícios de inovar nos modelos de negócios

A inovação do modelo de negócios talvez seja um instrumento crucial para criar uma organização que maximize o valor para todas as partes interessadas: consumidores, acionistas e trabalhadores.

Também traz vantagens para o desenvolvimento econômico como:

1. Vantagem competitiva

A vantagem competitiva corresponde a variáveis que permitem a uma empresa fornecer produtos e serviços melhor ou com menor custo em comparação com seus concorrentes. Esses elementos permitem que a unidade produtora crie mais vendas ou lucros maiores do que seus concorrentes no mercado.

2. Maiores retornos

A inovação do modelo de negócios cria lucros maiores para a empresa. Os avanços nos modelos de negócios são 5% a 8% mais lucrativas do que inovações de produto ou processo. Nesses casos, a porcentagem total de retorno ao acionista supera os concorrentes.

Como resultado, a importância da continuidade transformação digital e a inovação empresarial para superar o mercado é enfatizada.

3. Reconhecimento da marca

Antes de lhe dar confiança e dinheiro, os clientes precisam saber quem você é e qual valor você oferece. O modelo de negócios adequado pode ajudar a superar obstáculos de negócios e construir um bom reconhecimento de marca.

Uma vez que você se destaque do resto de seus concorrentes, principalmente na entrega de valor comercial, sua marca será reconhecida por um grande número de pessoas, o que o ajudará a conquistar mais clientes ao longo do caminho.

4. Aumento do crescimento dos negócios

A criação de maior valor levará a aumento do crescimento, especialmente em empresas que são estáticas.

O crescimento é fundamental para a sustentabilidade de longo prazo de uma empresa. Ele ajuda a capitalizar novas possibilidades, adquirir ativos, atrair novos funcionários e financiar iniciativas. Também influencia o desempenho e a lucratividade da empresa.

5. Melhor produtividade e desempenho dos negócios

A inovação do modelo de negócios resulta em maior produtividade. Promove ciclos de produção mais rápidos, tornando os parâmetros de processamento significativamente menos erráticos e demorados, o que, por sua vez, melhora o desempenho geral e a eficiência de uma organização.

O que um modelo de negócios transformado pode fazer

Com o tempo, um modelo de negócios dominante surge em cada setor específico.

Este modelo representará a abordagem mais eficaz para distribuir e usar estrategicamente os recursos na falta de ineficiências econômicas.

Os esforços usuais para introduzir um novo modelo podem falhar. No entanto, de vez em quando, consegue-se deslocar o paradigma existente, geralmente através do uso de novas tecnologias.

Se novos entrantes usarem essa técnica para empurrar e derrubar empresas tradicionais, ou se os concorrentes a adotarem, o setor será alterado.

Os componentes dos modelos de negócios transformadores

Em um estudo conduzido por Harvard em relação aos negócios transformadores, os autores descobriram seis características recorrentes encontradas em empresas cujos modelos de negócios revolucionaram seus respectivos setores em algum momento.

De acordo com este estudo, os componentes dos modelos de negócios transformativos são os seguintes:

1. Personalização

Vários novos modelos fornecem itens ou serviços mais direcionados às necessidades particulares e urgentes dos clientes do que os modelos dominantes. As empresas frequentemente usam a tecnologia para fazer isso a preços competitivos.

2. Processo de Ciclo Fechado

Inúmeros modelos de negócios substituem um ciclo fechado, no qual itens antigos são reciclados, por um processo de consumo linear no qual os produtos são fabricados, utilizados e depois descartados. Essa mudança reduz os gastos totais de recursos.

3. Compartilhamento de Ativos

Certas inovações florescem porque facilitam o compartilhamento de ativos caros. As commodities podem ser trocadas em uma cadeia de suprimentos às vezes. O compartilhamento geralmente é feito por meio de mercados bilaterais que geram valor para ambas as partes.

Também minimiza os encargos regulatórios em vários negócios, uma vez que um recém-chegado não precisa adquirir os recursos em questão. Em vez disso, pode funcionar apenas como um intermediário.

4. Preço com base no uso

Em vez de pedir aos clientes que paguem qualquer coisa diretamente, alguns modelos os cobram quando usam o produto ou serviço. Os clientes lucram porque incorrem em taxas apenas quando seus serviços fornecem valor, enquanto a organização se beneficia com o aumento do número de usuários.

5. Ecossistema Colaborativo

Diversas inovações são efetivas porque uma nova tecnologia potencializa os esforços de colaboração com fornecedores e auxilia na alocação mais correta dos riscos do negócio, permitindo economias de escala.

6. Agilidade

Os inovadores podem utilizar a tecnologia para se afastar das estruturas burocráticas antiquadas de tomada de decisão, a fim de produzir escolhas que melhor representem as necessidades do mercado e permitam a adaptação em tempo real às alterações nessas demandas.

Em consequência, o consumidor frequentemente recebe mais valor a um custo menor para a empresa.

Por que esses recursos são eficazes na criação de modelos de negócios transformadores?

Todas as seis características são opções viáveis para conectar as necessidades do mercado e as funcionalidades técnicas.

O aumento da personalização na proposta de valor, por exemplo, reage à segmentação de preferência do cliente e ao desejo que o acompanha por alternativas mais diversificadas.

Sensores que coletam informações de dispositivos vinculados por meio da nuvem permitem essa personalização.

As soluções de big data processam as informações e as transformam em serviços personalizados (como sugestões e alertas) para cada usuário.

Empresas com modelos de negócios transformadores

Aqui estão exemplos de organizações com modelos de negócios que transformaram suas respectivas indústrias:

1. Uber

A Uber tem um sistema no qual os consumidores analisam e avaliam os motoristas. Um cliente em potencial pode examinar os motoristas mais próximos e suas classificações em seu dispositivo móvel usando a plataforma de big data.

A importância dos modelos de negócios transformadores para a inovação: como criar um e por quê<span class="wtr-time-wrap after-title"><span class="wtr-time-number">14</span> min de leitura</span>

O sistema de classificação incentiva os motoristas a entregar carros limpos e um ótimo serviço, e também permite alguma personalização.

Permitir que o consumidor escolha entre o carro mais próximo e aquele com a melhor classificação (talvez um pouco mais distante) pode não parecer muito para alguns, mas ainda é considerado superior aos serviços de táxi padrão.

2. Netflix

A Netflix começou como um serviço de aluguel de DVD por correio antes de se tornar a potência de streaming que é hoje.

Antes de seu modelo de negócios atual, uma empresa de aluguel de vídeo de bilhões de dólares chamada “Blockbuster” era extremamente popular. Dominou o mercado até que a Netflix viu as possibilidades da internet e decidiu mudar sua abordagem e responder aos desenvolvimentos tecnológicos.

A importância dos modelos de negócios transformadores para a inovação: como criar um e por quê<span class="wtr-time-wrap after-title"><span class="wtr-time-number">14</span> min de leitura</span>

Ao garantir um grande investimento de uma organização francesa, a Netflix decidiu se concentrar no streaming.

Seu modelo de negócios recém-reformado deu aos clientes acesso a uma grande variedade de filmes e programas de televisão em troca de uma baixa taxa mensal. Tudo isso sem sair de casa.

Inicialmente, esse modelo de negócios baseado em assinatura atraía apenas clientes online. Mas, com o passar do tempo, os clientes passaram a gostar do fato de não precisarem mais ir a uma loja para reservar, alugar ou devolver um DVD.

Avançando rapidamente hoje, a Netflix agora tem 208 milhões de clientes em todo o mundo e é amplamente reconhecida como a campeã das plataformas de streaming.

3. Airbnb

O modelo de negócios do Airbnb permite que os proprietários aluguem suas casas para os hóspedes a um custo razoável.

Essa plataforma exclusiva forneceu uma alternativa mais barata aos hotéis e foi reconhecida por muitos como um mercado para viagens globais.

A importância dos modelos de negócios transformadores para a inovação: como criar um e por quê<span class="wtr-time-wrap after-title"><span class="wtr-time-number">14</span> min de leitura</span>

A variedade de quartos que oferece transformou o setor de hospitalidade. Barracas, barcos, apartamentos, vilas e casas na árvore foram todos fornecidos como arranjos alternativos para dormir.

Ele permite que os turistas experimentem o local da mesma maneira que os locais, além de oferecer acesso a necessidades cotidianas, como equipamentos de lavar e cozinhar. Agora, o Airbnb possui mais de 150 milhões de usuários em todo o mundo.

4. Spotify

Spotify é um serviço de streaming de música popular. O que o torna transformador, porém, não é a música que o acompanha, mas o modelo de negócios que impulsionou o Spotify para onde está agora.

A importância dos modelos de negócios transformadores para a inovação: como criar um e por quê<span class="wtr-time-wrap after-title"><span class="wtr-time-number">14</span> min de leitura</span>

As empresas que operam online são as mais propensas a usar o modelo de receita freemium. O Spotify permite que seus clientes ouçam música sem pagar um centavo.

Eles devem, no entanto, tolerar anúncios e não podem usar o programa offline, a menos que paguem por uma versão premium e tenham baixado as músicas em sua lista de reprodução.

5. Amazon Prime

O Amazon Prime transformou as compras tradicionais de tijolo e argamassa. Eles tornaram as compras pela Internet muito fáceis, pesquisando e refinando constantemente as instalações de armazenamento para garantir que as coisas possam ser compradas e transportadas de forma simples.

A importância dos modelos de negócios transformadores para a inovação: como criar um e por quê<span class="wtr-time-wrap after-title"><span class="wtr-time-number">14</span> min de leitura</span>

Ele estreou em 2007 com envio ilimitado de dois dias por $79 por ano. Esse movimento estava repleto de perigos porque o envio rápido é caro e os usuários podem acabar abusando do serviço. No entanto, o fundador da Amazon, Jeff Bezos, acredita que foi um risco que valeu a pena.

Após 14 anos, o Amazon Prime agora possui mais de 200 milhões de membros em todo o mundo que desfrutam de uma série de privilégios, como entrega no mesmo dia, streaming, leitura e benefícios de compras por $119 por ano.

Como determinar se o seu modelo de negócios é transformador

Se você deseja avaliar se seu modelo de negócios é transformador, tente seguir as cinco etapas descritas abaixo:

1. Com base nos seis componentes dos modelos de negócios transformadores, defina o que cada característica significa para o seu negócio.

Justamente quando o desempenho é declarado em métodos específicos do setor, uma empresa pode estabelecer medidas para avaliar, analisar e comparar seu modelo de negócios em atributos importantes. Bem como começar a considerar como se diferenciar através do uso de novas tecnologias.

2. Avalie seu modelo de negócios com os recursos incluídos na lista.

Examine os seis componentes dos modelos de negócios transformadores listados acima e compare-os com os que você tem atualmente. Reúna sua equipe e solicite feedback sobre isso para avaliar quais recursos do modelo de sua empresa são fracos ou fortes.

3. Determine quantos elementos transformadores você possui.

Em relação ao segundo passo, identifique todos os elementos transformadores que seu modelo de negócios atual possui. De acordo com o estudo de Harvard, modelos de negócios com potencial transformador tendem a ter três ou mais das seis características.

4. Compare esta classificação com a da concorrência.

Se você não superar sua concorrência em nenhum deles, suas chances de revolucionar efetivamente a indústria são mínimas.

No entanto, se o seu modelo supera significativamente os modelos atuais em três ou mais qualidades, você tem uma grande chance de transformar o setor ao qual pertence.

5. Reflita. Descubra quais aspectos você pode melhorar e como.

Esta etapa só se aplica se você tiver apenas um ou dois recursos incluídos em sua lista ou se sua comparação lado a lado com os modelos de negócios de seus concorrentes não for boa.

Agora que você examinou seu modelo de negócios de forma abrangente, use as informações que você tem e use-as para aplicar as modificações necessárias. Pense em maneiras de como você pode fazer isso e implemente-o quando tiver tudo o que precisa para realizá-lo.

Criando valor para o cliente por meio de modelos de negócios

Empresas bem-sucedidas têm ótimos modelos de negócios que oferecem excelente valor e conveniência para seus clientes em potencial.

Combinados com a estratégia de receita certa e outros conjuntos de procedimentos e recursos críticos, seus modelos de negócios impulsionaram seu crescimento e desenvolvimento.

Isso significa que, além da transformação, o objetivo dos modelos de negócios deve ser criar valor substancial para o cliente. Tem que entregar o produto ou serviço certo para o pessoas certas, no caminho certo.

Isso mostra que em modelos de negócios transformadores, lucro e propósito estão entrelaçados, que vinculam seus retornos ao seu efeito.

Por fim, embora nenhuma inovação possa garantir o sucesso, você pode aumentar suas chances garantindo que sua estratégia de negócios conecte as demandas do mercado com a tecnologia em desenvolvimento.

Quanto mais conexões você puder estabelecer, mais potencial você terá para transformar seu setor.

Transforme seu modelo de negócios hoje com nosso e-book sobre como organizar campanhas de inovação de sucesso, ou baixe nosso e-book de inovação para identificar questões estratégicas para abordar e criar valor de negócio ideal.